Vikings: Berserker

Cultue os deuses, honre os familiares e morra empunhando a sua arma, pois Valhala o aguarda

Livro Vikings Berseker Eduardo KasseVikings. Eles foram guerreiros valorosos, intrépidos navegadores e comerciantes sagazes. Conquistaram muitas terras pelo fio de suas lâminas e os mares com seus navios insuperáveis. Quem via se aproximar um langskip, com sua vela quadrada e a cabeça de fera entalhada na proa, sabia que a morte estava a bordo.

Contudo, nem sempre os mais ferozes e experientes são aqueles que realizam os maiores feitos…

Um bando de jovens sonhadores comete imensa afronta a um poderoso jarl. Um crime passível de severa punição, até mesmo de morte. Mas nem os mais sábios poderiam prever os verdadeiros desígnios dos deuses.

Vikings: Berserker é um romance histórico de Eduardo Kasse, elogiado autor da série Tempos de Sangue. Acompanhe a trajetória daqueles que se tornarão lendas, desbravando territórios hostis e indo aonde nem os mais ousados chegaram. Essa é uma história que não foi escrita em livros ou cantada à beira de fogueiras. Mas apenas o relato daqueles que sobreviveram à grandiosa viagem de suas vidas.

+++ Compre autografado e com frete BR grátis +++

Uma profecia ditada pelos deuses

Quando os Primeiros receberam o dom da palavra e os Segundos o dom da profecia, contaram para os Poucos a história do Monstro do Mar que surgiria numa tarde de Sol negro e de águas bravias.

Assim os seus Deuses – os nossos Deuses – lhes sussurraram nos sonhos. E essa era a verdade.

Disseram que, quando o monstro tocasse as areias da praia, cuspiria gigantes de gelo, brancos como os cadáveres, e eles brandiriam grandes armas feitas com dentes de cor de prata da Lua.

Dentes que morderiam fundo.

E arrancariam braços.

E decepariam cabeças.

E fariam as mães chorarem.

E todos, mesmo os mais corajosos, tremeriam de medo.

Os Primeiros e Segundos há muito estão mortos. Há tanto tempo que seus ossos já se tornaram o pó que nutriu as raízes profundas das árvores sagradas, altas, tão altas que podem tocar as nuvens.

E os nossos Deuses estão cada vez mais em silêncio.

E alguns da nossa gente, os mais rebeldes e sem respeito à verdade, bradam que eles devem estar mortos. E outros, sem temor de ter a alma estraçalhada ao chegar ao mundo dos mortos, dizem que eles nunca existiram.

Aos anciãos, resta a tristeza e a condolência aos Antes-deles. Por isso, suas palavras perduram contadas e recontadas pelos Filhos dos filhos dos filhos que as repetem aos Novos nas noites de Lua-azul.

E assim sempre foi. E assim sempre será.

Até o fim dos tempos.

Gostou? Clique aqui e leia o primeiro capítulo de Vikings: Berserker

Vikings: Noite em Valhala em quadrinhos

Braços são amputados, crânios rachados e gargantas perfuradas, enquanto uma boca gorgoleja sangue e espuma

As lâminas iniciaram a melodia da morte contra a carne e os ossos. Uma música de rosnados, gemidos, urros de dor e êxtase! Empunhe o seu machado, segure firme o seu escudo e lute com Hróaldr, Sten e outros bravos vikings nessa sangrenta batalha escrita por Eduardo Kasse, desenhada por Carlos Sekko e inspirada pelo sábio Deus Mímir!

Odin te aguarda em Valhala com hidromel e muita carne!

Vikings – Noite em Valhala, traz uma nova história de batalha do Jarl Hróaldr, um dos personagens do livro Vikings: Berserker. A guerra faz parte do dia a dia dos homens do Norte, que navegam por mares bravios e águas desconhecidas em busca de ouro, terras e glória. E eles não temem a morte: sabem que, se morrerem com honra, irão comemorar com os Deuses em Asgard!

+++ Compre autografado e com frete BR grátis +++

Sobre

Saga Vikings: viva com honra, lute com bravura e morra empunhando a sua arma!

Em 2018 iniciei um novo projeto, uma nova saga. Depois de seis anos escrevendo sobre os imortais na Série Tempos de Sangue – temposdesangue.com.br – dei uma pausa na vida desses demônios para contar as histórias de outros demônios: os nórdicos (que depois viriam ser conhecidos pela alcunha de vikings).

Sim, eles eram demônios!

Assim foram chamados principalmente pelos padres e monges que sobreviveram aos saques e invasões, afinal, quem mais afrontaria a sagrada Igreja senão os enviados do Diabo? Quem mais mataria sem qualquer temor ou remorso os representantes de Deus na Terra?

Quando surge no mar os agourentos navios com feras entalhadas na proa, não adianta se prostrar de joelhos e rezar. É melhor fugir, correr até os pés sangrarem.

Mas os vikings não eram apenas exímios guerreiros cujas paredes de escudos aterrorizaram os saxões e outros povos das Ilhas Britânicas e de toda a Europa. Eram competentes artesãos, ferreiros e comerciantes. E, acima de tudo, eram intrépidos navegadores e exploradores.

Resolvi homenagear a bravura desses homens e mulheres – sim, as mulheres tinham muita relevância e importância nas sociedades nórdicas, ao contrário do que acontecia nos demais povos da Europa cristã – e contar essas jornadas.

Primeiro no livro Vikings: Berserker, uma fantasia histórica repleta de mitologia, guerras e viagens e agora em Vikings: Noite em Valhala, um quadrinho que narra de forma crua uma batalha em algum lugar do território que viria se tornar a Escócia.

Então, vista a sua armadura, empunhe a sua espada e segure firme o seu escudo. Pela honra, pela glória, pelos Deuses!

Quer saber mais sobre mim? Acesse: eduardokasse.com.br

Contato